segunda-feira, 22 de junho de 2009

Mãe voraz...

Que bonito a mãe voraz...

Todos os dias aposta com o sol

Quem sai primeiro para iluminar o dia.

Iluminada mãe voraz,

Não sabe quando não o quanto

Sua luz é capaz

De devorar o mundo com sua garra

E injetar o seu antrax.

Tem dias que o sol não sai,

Mas ela sim tem que sair

E não tem com quem competir

Pois não compete com tempo fechado

Seu tempo é sempre aberto

Aberto e iluminado...

E já de volta pra alma

Põe as roupas de mãe prendada

Põe o fruto do ventre no calor do peito

E ensina-lhe a caminhada...





Minha concepção.

"A boa mãe não é auela que doa sua vida ao filho.

Mas quela que a divide com ele.

Porque se ela doar toda a sua vida ao filho ela não vive.

E ela precisa viver,porque o filho,precisa dela."

Um comentário:

  1. Amados, entrei no seu abençoado blog, e verifiquei que aqui há vida, e que o amor de Jesus impera.
    Dou-lhe os parabéns por este belo blog, que é mais uma ferramenta para levar a Palavra de Deus.
    Se desejar faça uma visita ao blog peregrino e servo.
    Fique na paz de Jesus. E muitas vitórias em Cristo.
    António Batalha.

    ResponderExcluir